Ex-muçulmana é vítima de estupro e tortura

Martha Samuel, ex-muçulmana egípcia que se converteu há cinco anos, foi detida no aeroporto do Cairo em 17 de dezembro. Ela, seu marido e dois filhos (de 4 e 2 anos de idade), embarcavam para a Rússia.

O nome de Martha estava na lista de pessoas proibidas de deixar o país.

Há informações de que Martha Samuel sofreu abuso sexual por parte da polícia de El-Nozha e também das forças de segurança do Escritório de Segurança Nacional de Heliópolis.

Ela foi agredida e torturada na tentativa de fazê-la voltar ao islamismo. A polícia prometeu libertá-la se ela voltasse ao islã.

Martha e seus filhos estão detidos. Eles foram transferidos do Escritório de Segurança Nacional de Heliópolis para a prisão de Al-Qanater.

As crianças não estão recebendo alimentos “deliberadamente”, a fim de pressionar Martha a abandonar o cristianismo.

Fadl Thabet, marido de Martha, foi levado ao Escritório de Segurança Nacional de
Alexandria.

Martha tentava viajar para a Rússia usando um passaporte com seu nome cristão. Enquanto muçulmana, ela se chamava Zainab Said Abdel-Aziz.

Dessa forma, ela fugiria da perseguição por partes das autoridades egípcias e de sua própria família, que tem tentado matá-la desde a sua conversão.

:: Fonte: Portas Abertas

About these ads

Tags:, , , , , ,

Sobre Wellington Nascimento

Coordenador do Projeto AMIGOS

Fique a vontade para deixar seu comentário.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 6.966 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: